Pesquisadores da FEnf descobrem potencial efeito do ácido glutâmico na promoção do crescimento capilar

Na última edição do periódico Scientific Reports (Nature) pesquisadores da FEnf e colaboradores publicaram um artigo no qual foi desvendado parte importante da ação de um neurotransmissor, o ácido glutâmico, na pele.

O ácido glutâmico é o principal neurotransmissor excitatório atuando tanto no cérebro quanto nos tecidos periféricos. A distribuição anormal dos receptores do ácido glutâmico ocorre em condições hiperproliferativas da pele, como psoríase e regeneração cutânea; no entanto, a função biológica do ácido glutâmico na pele permanece obscura.

Usando abordagens ex vivo, in vivo e in silico, os pesquisadores mostraram que o ácido glutâmico exógeno promove o crescimento de pelos e a proliferação de queratinócitos. A aplicação tópica de ácido glutâmico diminuiu a expressão de genes relacionados à apoptose na pele e aumentou a viabilidade e proliferação celular em culturas de queratinócitos humanos. Além disso, demonstraram também a existência de uma nova via de sinalização cutânea mediada por esse neurotransmissorque controla a proliferação dos queratinócitos e do folículo piloso. Assim, o ácido glutâmico surge como um componente do sistema nervoso periférico que atua no controle do crescimento celular cutâneo.

Esses resultados levantam a perspectiva do uso farmacológico e nutricional do ácido glutâmico no tratamento de dermatoses, explica Carlos Poblete Jara, discente recém-egresso do Programa de Pós-graduação em Enfermagem e autor da pesquisa realizada no Laboratório de Sinalização Celular do Centro de Pesquisa em Obesidade e Comorbidades (Cepid-OCRC) da Unicamp.

Além de Carlos P Jara e Natália Ferreira Mendes, recém-egressos do PPG-Enf, também assinam o artigo dois discentes da graduação, Beatriz de Andrade Berti e Renan de Medeiros Bezerra, orientados pela Profa. Dra. Eliana Pereira de Araujo. Os demais pesquisadores integram a co-autoria do trabalho: Daiane Fátima Engel, Ariane Maria Zanesco, Gabriela Freitas Pereira de Souza, Julia de Toledo Bagatin, Silvya Stuchi Maria-Engler, Joseane Morari, Willian H Velander (Universidade de Nebraska) e Lício A. Velloso.

A Faculdade de Enfermagem parabeniza todos os envolvidos pela pesquisa de extremo valor para a sociedade e para a ciência mundial!

 Link para o artigo completo: https://www.nature.com/articles/s41598-021-94816-y

1

Compartilhe

No dia 24 de novembro de 2022, a disciplina de graduação EN790 – Tópicos de Administração em Enfermagem contou com a participação do convidado Enfermeiro Dr. Marco Antonio de Moraes, que ministrou a palestra intitulada "A responsabilidade técnica do Enfermeiro no exercício profissional:  A trajetória profissional como Diretor…

No dia 24 de outubro de 2022, aconteceu o Fórum Permanente “Câncer infantil: como podemos ajudar?”, organizado pelas Profas Dra. Daniela Doulavince Amador, Profa. Dra. Daniela Fernanda dos Santos Alves, Profa. Dra. Maira Deguer Misko, Profa. Dra. Luciana de Lione Melo, Profa. Dra. Ana Márcia Chiaradia Mendes Castillo e Profa. Dra. Samara Macedo…

As docentes da área de Fundamentos em Enfermagem da Faculdade de Enfermagem, Profa. Dra. Caroline Lopes Ciofi Silva  e Profa. Dra.

Nos dias 04 e 05 de novembro de 2022, aconteceu o XXXI Congresso Médico Acadêmico da UNICAMP (CoMAU) na Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP.

No dia 27 de outubro de 2022, a Liga de Saúde Mental da Enfermagem da UNICAMP e a Liga Acadêmica de Psiquiatria e Saúde Mental da FCM promoveram o evento "A RAPS funcionando: discussão de caso em psiquiatria".